python-logo

Pyston 0.3 já está disponível

A versão 0.3 do Pyston foi liberada nesta terça-feira (24/02). O Pyston é uma proposta de uma implementação do Python com alto desempenho.

Esta é uma liberação muito importante, pois em relação as versões anteriores, esta versão além de uma maior compatibilidade com o Python, também melhorou o seu desempenho na execução de scripts.

Compatibilidade da linguagem

Um bom jeito de demonstrar a compatibilidade de um compilador, é rodando ele sobre ele mesmo, o que é chamado de self-hosting.

Como o Pyston não é um compilador estático e muito menos escrito em Python, falar de self-hosting é algo um tanto quanto equivocado. Porém já é possível executar vários scripts do Dropbox no Pyston.

Em relação a versão 0.2, na 0.3 já é possível importar 117 bibliotecas e 27 módulos de extensão. Note que a importação não garante que a biblioteca esteja funcionado corretamente. Porém os planos para a 0.4 incluem casos de testes para estas bibliotecas.

Desempenho

Ao contrário das versões 0.1 e 0.2, o foco da 0.3 foi a melhoria de desempenho. Nas versões anteriores o foco era a compatibilidade da linguagem Python.

De acordo com os testes feitos pela equipe do Pyston, ele se mostrou um pouco melhor em relação ao CPython no quesito desempenho.

Nos testes feitos, o Pyston se mostrou 1% mais rápido em relação ao CPython. Claro que 1% não é algo estrondoso, mas já é um bom começo para esta nova implementação do Python.

Você pode observar a comparação de ambos aqui.

Pŕoximos passos

Os planos das próximas versões incluem alguns itens bem agressivos, como por exemplo, ser capaz de executar o Dropbox no Pyston.

Porém o objetivo é continuar com o desenvolvimento, melhorando cada vez mais o suporte a linguagem Python e manter um desempenho aceitável para execução de scripts.

Confira a nota oficial desta versão aqui.