Rust 1.3 já está disponível

Rust 1.3 é a mais nova versão stable disponível da linguagem de programação desenvolvida pela Mozilla. Seu lançamento oficial ocorreu na última sexta (17/09) e veio com algumas novidades.

O que há de novo na 1.3

Esta é a primeita versão que conta com o Rustonomicon, o novo livro que aborda “As artes das trevas da programação avançada e não segura do Rust” (em inglês “The Dark Arts of Advanced and Unsafe Rust Programming”). Apesar do livro ainda não estar finalizado, ele já provê uma profunda cobertura sobre os itens mais obscuros da linguagem.

A versão 1.3 ainda continua focada em melhorias de desempenho, e quem saiu ganhando desta vez foi a standard library.

Confira a nota de liberação oficial para mais informações.

Rust 1.0 já está disponível

Hoje (15/05), foi anunciado a liberação da versão 1.0 da linguagem de programação Rust, desenvolvida pela Mozilla.

Rust é uma nova linguagem de programação com o objetivo de tornar simples a construção de sistemas eficientes e confiáveis. Rust combina o controle de baixo nível sobre o desempenho com comodidade e segurança de alto nível. Melhor ainda, ela atinge estes objetivos sem a necessidade de um coletor de lixo em tempo de execução, tornando possível usar bibliotecas Rust como um “substituto drop-in” para C.

O que torna Rust diferente das outra linguagens é seu sistemas de tipos, que representa um refinamento e codificação das melhores práticas criadas por programadores C/C++.

Apesar desta liberação, este não é o fim do desenvolvimento da linguagem, mas sim, marca a sua estabilidade, diminuindo as alterações feitas nas bibliotecas padrões.

Juntamente com a versão 1.0, foi liberada a versão 1.1 beta, e a cada seis semanas, serão liberadas novas versões, como já vem sendo feito no Firefox.

Confirma mais informações na nota de liberação oficial.

Firefox 38 adiciona suporte a imagens responsivas e Ruby annotations

A nova atualização do Mozilla Firefox está sendo liberada hoje (12/05), e traz novas funcionalidades como:

    • Suporte a imagens responsivas pelo atributo img
    • Suporte a WebSockets na thread Web Worker, esta sendo separada a thread da interface
    • Suporte a Ruby Annotation Markup
    • Novas preferências baseadas em abas
    • Suporte a renegociação e multi-stream para WebRTC
    • vários outros

Enquanto o Firefox 38 não é oficialmente anunciado, você pode encontrar os arquivos no FTP da Mozilla. Para saber mais sobre as novas funcionalidades, veja o blog Mozilla Hacks e na página Mozilla Developer.

Via Phoronix

Unity 5 vem com suporte a WebGL e você pode conferir alguns exemplos

Recentemente comentamos sobre a Unreal Engine 4.7 incluir exportação para HTML5. Desta vez quem está incluindo suporte a exportação para Web é o Unity 5.

Esta nova versão da mais popular ferramenta de desenvolvimento de jogos inclui uma prévia do exportador para WebGL. Os desenvolvedores de jogos estão a um passo de publicar os seus jogos para a Web de uma nova forma, tirando proveito do WebGL e do asm.js.

O resultado disto é uma aplicação com desempenho quase que idêntico ao nativo, sem a necessidade de nenhum plugin no browser. Confira abaixo o vídeo:

A Mozilla e a equipe do Unity trabalharam juntas para encontrar uma forma de trazer o conteúdo desenvolvido no Unity 5 para a Web, utilizando apenas as bibliotecas padrão do JavaScript. Isto tudo é possível graças o uso em conjunto do IL2CPP e um cross-compiler chamado Emscripten.

Clique nas imagens abaixo para ver alguns exemplos jogáveis, todos foram gerados e exportados pelo Unity utilizando WebGL.


Dead Trigger 2

Angry Bots

AaaaaAAaaaAAAaaAAAAaAAAAA for The Awesome!

Confira a nota de liberação oficial aqui.

Via Mozilla Blog

Rust 1.0 Alpha já está disponível

A equipe do Rust acabou de anunciar a nova versão, a 1.0 Alpha. Rust é uma linguagem de programação focada em segurança. desempenho e concorrência.

A versão Alpha já traz o prometido a algumas semanas atrás. As funcionalidades da linguagem e as bibliotecas do core estão completas e estabilizadas.

Apesar de tudo, ainda a muito a ser feito até o lançamento da versão 1.0 final.

Confira a nota completa de liberação aqui.