Laravel 5

Laravel 5 do começo ao fim [parte 1]

Mostrarei a seguir um breve tutorial sobre o Laravel, um dos frameworks mais usados atualmente para PHP, com o lançamento do Laravel 5 houve algumas mudanças, e algumas delas você verá a seguir.

Instalação

Composer

Inicialmente caso já não o tenha, faça a instalação do composer, o composer é um controlador de dependências, o laravel assim como a maioria dos frameworks atuais o utilizam, o site do composer que pode ser acessado por este link mostra como fazer a instalação.

Criando um novo projeto

O comando abaixo criará um projeto novo do laravel 5 usando o composer e fará a instalação das dependências:

composer create-project laravel/laravel --prefer-dist

Uma vez instalado você verá uma lista de pastas, abaixo coloco uma breve descrição do que existe em cada uma:

app/
Diretório dos arquivos da sua aplicação

bootstrap/
Arquivos de inicialização, são chamados em cada requisição ao servidor

config/
Arquivos de configuração como banco de dados, serviços, etc.

database/
Aqui existem basicamente duas pastas,  “migrations” que guardam os arquivos que fazem as alterações na estrutura do banco, como nome das tabelas, colunas, etc, e “seeds” que seriam arquivos e classes que geram registros no banco de dados, seja para testes ou para possuir informações iniciais de utilização.

public/
São os arquivos públicos do sistema, normalmente é aqui que são colocados os arquivos de imagens, CSS e JS.

resources/
Arquivos de recursos como bibliotecas JS e CSS, arquivos com arrays de traduções de mensagens, normalmente usados numa aplicação multilinguagem e as próprias views do sistema.

storage/
Arquivos de cache, sessões (quando usado armazenamento em arquivo), views compiladas e logs.

tests/
Arquivos de testes do sistema.

vendor/
pasta criada pelo composer para controle e versionamento de bibliotecas.

Configuração

Banco de Dados

O arquivo de configuração de banco de dados está na pasta config/database.php, abrindo esse arquivo você perceberá que ele basicamente retorna um array, o laravel permite a utilização de vários bancos, você pode se conectar e utilizar diferentes conexões para diferentes bancos, inclusive mais de uma, porém para esse tutorial utilizarei apenas o banco mysql, que inclusive vem configurado por padrão.

Neste ponto já se percebe uma mudança de versões anteriores do laravel, os valores de host, database, username, password estão vindo de variáveis de ambiente, isto permite uma maior flexibilidade, pois você pode ter diferentes valores para produção e teste, estas variáveis são carregadas a partir do arquivo “.env” que está localizado na raiz do projeto, apenas observando que no linux todo arquivo que inicia com “.” fica oculto, então se por acaso o arquivo não estiver aparecendo vá ao terminal e na raiz do projeto e execute um “nano .env” que se abrirá o arquivo no nano para edição.

Altere as informações do arquivo .env com as informações do seu banco.

Artisan

O Laravel utiliza o artisan como programa de linha de comando para execução de algumas tarefas digitando o comando abaixo na raiz do projeto você verá diversos comandos possíveis e uma breve explicação do que cada um faz.

php artisan list

A maioria dos comandos é quase autoexplicativa mas não entrarei em grandes detalhes nesse tutorial, como fizemos a configuração do banco de dados no item anterior podemos verificar a instalação com o comando abaixo.

php artisan migrate:install

Este comando criará uma tabela no banco chamada“migrations” que o laravel utiliza para verificar quais migrações foram executadas e quais não, apenas deixando mais claro, na prática uma migração é um arquivo que fica localizado em database/migrations e faz alterações no banco, como criar e alterar tabelas, mudar nomes de bancos, etc, e isto vale para qualquer banco que o laravel tem suporte, você pode por exemplo recriar toda a estrutura do seu banco ou até mesmo atualizá-la de maneira automática, podendo também regredir essas alterações, pois cada migration tem basicamente dois métodos, up e down, que como o nome sugere, o primeiro realiza as alterações e o segundo desfaz, apesar disso ser responsabilidade do programador considero como algo bastante útil quando se está trabalhando com bases em produção pois você conseguirá criar pacotes de atualização e caso ocorra qualquer problema podes desfaze-las.

Após executar o comando a mensagem “Migration table created successfully” deve ser exibida, do contrário, possivelmente algum parâmetro foi passado errado no arquivo “.env.

O Laravel 5 em especial já vem sua parte de autenticação pré-criada, mas para utilizá-la precisamos migrar o servidor para que as tabelas sejam criadas com o seguinte comando:

php artisan migrate

Com isso aparecerá no terminal que duas migrações foram instaladas, a create_users_tables que cria a tabela de usuários, e a create_password_resets_table que cria a tabela de reset de senhas.

Com isso podemos executar o comando seguinte para iniciar o servidor de testes do php por um atalho do artisan

php artisan serve

Acessando o endereço http://localhost:8000, aparecerá a página de bem-vindo do laravel, escrito Laravel 5 num tom quase branco, horrível e de muito mal gosto por sinal, e entrando no endereço http://localhost:8000/home, aparecerá a tela de login e registro padrão, algo que provavelmente você perderia um bom tempo em outros frameworks, vem pronto para ser utilizado aqui.

Bem pessoal, essa foi a primeira parte do tutorial sobre laravel, aguarde a próxima parte e comentem caso tenham gostado, vlws o/.

  • grupoabgs

    Show de bola. Acompanhando a série de posts. Valeu.

  • grupoabgs

    Show de bola. Acompanhando a série de posts. Valeu.

  • grupoabgs

    Show de bola. Acompanhando a série de posts. Valeu.

  • Vamo q vamo! Acompanhando por aqui tbm.

  • Vamo q vamo! Acompanhando por aqui tbm.

  • Vamo q vamo! Acompanhando por aqui tbm.

  • Alan Nogueira

    Se eu não quiser instalar o Laravel via Composer, é possível?

    • Olá Alan, acredito que deve ter alguém com o código fonte do Laravel 5 compactado, mas a grande vantagem do Laravel é ele utilizar o Composer, você pode reutilizar códigos de vários desenvolvedores ao redor do mundo pra diversas funcionalidades, deixa o framework muito mais flexível.
      Você não está conseguindo instalar o Composer? Por que motivos?

    • vc teria que instala-lo localmente com composer e depois enviar todos os arquivos para o seu servidor manualmente. Composer é vida 😀

    • Tivon

      Você pode criar ambiente de trabalho C: % HOMEPATH%AppDataRoamingComposervendorbin

      Assim no seu CMD entra no diretório onde que criar o nome do projeto e digita laravel new NOMEDOSEUPROJETO

      É muito mais rápido do que através do comando do composer

  • Alan Nogueira

    Se eu não quiser instalar o Laravel via Composer, é possível?

    • Olá Alan, acredito que deve ter alguém com o código fonte do Laravel 5 compactado, mas a grande vantagem do Laravel é ele utilizar o Composer, você pode reutilizar códigos de vários desenvolvedores ao redor do mundo pra diversas funcionalidades, deixa o framework muito mais flexível.
      Você não está conseguindo instalar o Composer? Por que motivos?

    • vc teria que instala-lo localmente com composer e depois enviar todos os arquivos para o seu servidor manualmente. Composer é vida 😀

    • Tivon

      Você pode criar ambiente de trabalho C: % HOMEPATH%AppDataRoamingComposervendorbin

      Assim no seu CMD entra no diretório onde que criar o nome do projeto e digita laravel new NOMEDOSEUPROJETO

      É muito mais rápido do que através do comando do composer

  • Alan Nogueira

    Se eu não quiser instalar o Laravel via Composer, é possível?

    • Olá Alan, acredito que deve ter alguém com o código fonte do Laravel 5 compactado, mas a grande vantagem do Laravel é ele utilizar o Composer, você pode reutilizar códigos de vários desenvolvedores ao redor do mundo pra diversas funcionalidades, deixa o framework muito mais flexível.
      Você não está conseguindo instalar o Composer? Por que motivos?

    • vc teria que instala-lo localmente com composer e depois enviar todos os arquivos para o seu servidor manualmente. Composer é vida 😀

    • Tivon

      Você pode criar ambiente de trabalho C: % HOMEPATH%AppDataRoamingComposervendorbin

      Assim no seu CMD entra no diretório onde que criar o nome do projeto e digita laravel new NOMEDOSEUPROJETO

      É muito mais rápido do que através do comando do composer

  • E a parte 2 já esta pronta ?

  • E a parte 2 já esta pronta ?

  • E a parte 2 já esta pronta ?

  • Luiz Henrique

    Enfim um tutorial decente de Laravel 5. Parabéns!

  • Luiz Henrique

    Enfim um tutorial decente de Laravel 5. Parabéns!

  • Luiz Henrique

    Enfim um tutorial decente de Laravel 5. Parabéns!

  • Alan

    Show, parabéns.

  • Alan

    Show, parabéns.

  • Alan

    Show, parabéns.

  • Eduardo Villas Boas

    Dá um monte de erros quando inicio no terminal:

    villasdev:laravel villas$ php artisan serve

    PHP Notice: Use of undefined constant MCRYPT_RIJNDAEL_128 – assumed ‘MCRYPT_RIJNDAEL_128’ in /Users/nome-do-usuario/laravel/config/app.php on line 84

    Notice: Use of undefined constant MCRYPT_RIJNDAEL_128 – assumed ‘MCRYPT_RIJNDAEL_128’ in /Users/nome-do-usuario/laravel/config/app.php on line 84

    Laravel development server started on http://localhost:8000/

    Na página via browser mais uma porçao de erros:

    Whoops, looks like something went wrong.

    • Jonathan André Schweder

      Olá, provavelmente seu PHP não está com a extensão mcrypt não está habilitada

      • Eduardo Villas Boas

        Eu instalei o mycrypt mas já apaguei tudo e voltei ao zero. Vou instalar tudo de novo começando a estudar vhost no apache e daí pra diante. Já havia instalado TUDO …

        • Max Souza

          Olá amigo,

          Pode ser necessário setar o mcrypt em seu php.ini
          Adicione isto: extension=mcrypt.so

  • Eduardo Villas Boas

    Dá um monte de erros quando inicio no terminal:

    villasdev:laravel villas$ php artisan serve

    PHP Notice: Use of undefined constant MCRYPT_RIJNDAEL_128 – assumed ‘MCRYPT_RIJNDAEL_128’ in /Users/nome-do-usuario/laravel/config/app.php on line 84

    Notice: Use of undefined constant MCRYPT_RIJNDAEL_128 – assumed ‘MCRYPT_RIJNDAEL_128’ in /Users/nome-do-usuario/laravel/config/app.php on line 84

    Laravel development server started on http://localhost:8000/

    Na página via browser mais uma porçao de erros:

    Whoops, looks like something went wrong.

    • Jonathan André Schweder

      Olá, provavelmente seu PHP não está com a extensão mcrypt não está habilitada

      • Eduardo Villas Boas

        Eu instalei o mycrypt mas já apaguei tudo e voltei ao zero. Vou instalar tudo de novo começando a estudar vhost no apache e daí pra diante. Já havia instalado TUDO …

        • Max Souza

          Olá amigo,

          Pode ser necessário setar o mcrypt em seu php.ini
          Adicione isto: extension=mcrypt.so

  • Eduardo Villas Boas

    Dá um monte de erros quando inicio no terminal:

    villasdev:laravel villas$ php artisan serve

    PHP Notice: Use of undefined constant MCRYPT_RIJNDAEL_128 – assumed ‘MCRYPT_RIJNDAEL_128’ in /Users/nome-do-usuario/laravel/config/app.php on line 84

    Notice: Use of undefined constant MCRYPT_RIJNDAEL_128 – assumed ‘MCRYPT_RIJNDAEL_128’ in /Users/nome-do-usuario/laravel/config/app.php on line 84

    Laravel development server started on http://localhost:8000/

    Na página via browser mais uma porçao de erros:

    Whoops, looks like something went wrong.

    • Jonathan André Schweder

      Olá, provavelmente seu PHP não está com a extensão mcrypt não está habilitada

      • Eduardo Villas Boas

        Eu instalei o mycrypt mas já apaguei tudo e voltei ao zero. Vou instalar tudo de novo começando a estudar vhost no apache e daí pra diante. Já havia instalado TUDO …

        • Max Souza

          Olá amigo,

          Pode ser necessário setar o mcrypt em seu php.ini
          Adicione isto: extension=mcrypt.so

  • Aurélio Guedes

    Perfeito, quando sai o próximo?

  • Aurélio Guedes

    Perfeito, quando sai o próximo?

  • Aurélio Guedes

    Perfeito, quando sai o próximo?

  • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

    Ola, esta aparecendo esse erro para min>

    [IlluminateDatabaseQueryException]

    SQLSTATE[42000]: Syntax error or access violation: 1067 Invalid default val

    ue for ‘created_at’ (SQL: create table `users` (`id` int unsigned not null

    auto_increment primary key, `name` varchar(255) not null, `email` varchar(2

    55) not null, `password` varchar(60) not null, `remember_token` varchar(100

    ) null, `created_at` timestamp default 0 not null, `updated_at` timestamp d

    efault 0 not null) default character set utf8 collate utf8_unicode_ci)

    [PDOException]

    SQLSTATE[42000]: Syntax error or access violation: 1067 Invalid default val

    ue for ‘created_at’

    • Jonathan André Schweder

      qual banco você está usando ?

      • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

        mysql

        • Jonathan André Schweder

          esse erro ocorre por que nos campos ‘created_at’ e ‘updated_at’ está tentando colocar como valor padrão 0, provavelmente o mysql não permite, poderias passar o código da migration “create_users_table” acho que esse é o nome

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Schema::create(‘users’, function(Blueprint $table)

            {

            $table->increments(‘id’);

            $table->string(‘name’);

            $table->string(‘email’)->unique();

            $table->string(‘password’, 60);

            $table->rememberToken();

            $table->timestamps();

            });

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Schema::create(‘password_resets’, function(Blueprint $table)

            {

            $table->string(‘email’)->index();

            $table->string(‘token’)->index();

            $table->timestamp(‘created_at’);

            });

          • Jonathan André Schweder

            troque “$table->timestamp(‘created_at’);”
            por
            $table->timestamp(‘created_at’)->default(DB::raw(‘CURRENT_TIMESTAMP’));
            para o campo “created_at” e

            $table->timestamp(‘updated_at’)->default(DB::raw(‘CURRENT_TIMESTAMP’));
            para o campo “updated_at”
            ou podes usar o do laravel
            $table->timestamps();

            isso na migration de passwords_resets, esse erro provavelmente será corrigido nas proximas versões

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Nao funcionou, tem como me mandar por email italiagian@hotmail.com como esta a sua migrate original

          • Jonathan André Schweder

            estarei mandando assim que possivel
            criei uma PR no projeto do git para fazer a correção

            https://github.com/laravel/framework/pull/8807

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Perfeito!!! Muito Obrigado.

  • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

    Ola, esta aparecendo esse erro para min>

    [IlluminateDatabaseQueryException]

    SQLSTATE[42000]: Syntax error or access violation: 1067 Invalid default val

    ue for ‘created_at’ (SQL: create table `users` (`id` int unsigned not null

    auto_increment primary key, `name` varchar(255) not null, `email` varchar(2

    55) not null, `password` varchar(60) not null, `remember_token` varchar(100

    ) null, `created_at` timestamp default 0 not null, `updated_at` timestamp d

    efault 0 not null) default character set utf8 collate utf8_unicode_ci)

    [PDOException]

    SQLSTATE[42000]: Syntax error or access violation: 1067 Invalid default val

    ue for ‘created_at’

    • Jonathan André Schweder

      qual banco você está usando ?

      • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

        mysql

        • Jonathan André Schweder

          esse erro ocorre por que nos campos ‘created_at’ e ‘updated_at’ está tentando colocar como valor padrão 0, provavelmente o mysql não permite, poderias passar o código da migration “create_users_table” acho que esse é o nome

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Schema::create(‘users’, function(Blueprint $table)

            {

            $table->increments(‘id’);

            $table->string(‘name’);

            $table->string(‘email’)->unique();

            $table->string(‘password’, 60);

            $table->rememberToken();

            $table->timestamps();

            });

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Schema::create(‘password_resets’, function(Blueprint $table)

            {

            $table->string(‘email’)->index();

            $table->string(‘token’)->index();

            $table->timestamp(‘created_at’);

            });

          • Jonathan André Schweder

            troque “$table->timestamp(‘created_at’);”
            por
            $table->timestamp(‘created_at’)->default(DB::raw(‘CURRENT_TIMESTAMP’));
            para o campo “created_at” e

            $table->timestamp(‘updated_at’)->default(DB::raw(‘CURRENT_TIMESTAMP’));
            para o campo “updated_at”
            ou podes usar o do laravel
            $table->timestamps();

            isso na migration de passwords_resets, esse erro provavelmente será corrigido nas proximas versões

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Nao funcionou, tem como me mandar por email italiagian@hotmail.com como esta a sua migrate original

          • Jonathan André Schweder

            estarei mandando assim que possivel
            criei uma PR no projeto do git para fazer a correção

            https://github.com/laravel/framework/pull/8807

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Perfeito!!! Muito Obrigado.

  • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

    Ola, esta aparecendo esse erro para min>

    [IlluminateDatabaseQueryException]

    SQLSTATE[42000]: Syntax error or access violation: 1067 Invalid default val

    ue for ‘created_at’ (SQL: create table `users` (`id` int unsigned not null

    auto_increment primary key, `name` varchar(255) not null, `email` varchar(2

    55) not null, `password` varchar(60) not null, `remember_token` varchar(100

    ) null, `created_at` timestamp default 0 not null, `updated_at` timestamp d

    efault 0 not null) default character set utf8 collate utf8_unicode_ci)

    [PDOException]

    SQLSTATE[42000]: Syntax error or access violation: 1067 Invalid default val

    ue for ‘created_at’

    • Jonathan André Schweder

      qual banco você está usando ?

      • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

        mysql

        • Jonathan André Schweder

          esse erro ocorre por que nos campos ‘created_at’ e ‘updated_at’ está tentando colocar como valor padrão 0, provavelmente o mysql não permite, poderias passar o código da migration “create_users_table” acho que esse é o nome

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Schema::create(‘users’, function(Blueprint $table)

            {

            $table->increments(‘id’);

            $table->string(‘name’);

            $table->string(‘email’)->unique();

            $table->string(‘password’, 60);

            $table->rememberToken();

            $table->timestamps();

            });

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Schema::create(‘password_resets’, function(Blueprint $table)

            {

            $table->string(‘email’)->index();

            $table->string(‘token’)->index();

            $table->timestamp(‘created_at’);

            });

          • Jonathan André Schweder

            troque “$table->timestamp(‘created_at’);”
            por
            $table->timestamp(‘created_at’)->default(DB::raw(‘CURRENT_TIMESTAMP’));
            para o campo “created_at” e

            $table->timestamp(‘updated_at’)->default(DB::raw(‘CURRENT_TIMESTAMP’));
            para o campo “updated_at”
            ou podes usar o do laravel
            $table->timestamps();

            isso na migration de passwords_resets, esse erro provavelmente será corrigido nas proximas versões

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Nao funcionou, tem como me mandar por email italiagian@hotmail.com como esta a sua migrate original

          • Jonathan André Schweder

            estarei mandando assim que possivel
            criei uma PR no projeto do git para fazer a correção

            https://github.com/laravel/framework/pull/8807

          • Giancarlo Poltronieri Zucoloto

            Perfeito!!! Muito Obrigado.

  • Marcus Gall Barreira

    Ola, poderia me ajudar?
    Para mim até apareceu a mensagem de sucesso: “Migration table created successfully”

    Mas antes dela apareceu também:
    “PHP Warning: PHP Startup: mssql: Unable to initialize module”

    Estranho porque estou usando:
    ‘default’ => ‘sqlsrv’,

    e minha versão do SQL Server é 2012

    • Jonathan André Schweder

      olá,
      pode acontecer da extensão pdo do MSSQL não estar instalado, podes verificar ?

  • Marcus Gall Barreira

    Ola, poderia me ajudar?
    Para mim até apareceu a mensagem de sucesso: “Migration table created successfully”

    Mas antes dela apareceu também:
    “PHP Warning: PHP Startup: mssql: Unable to initialize module”

    Estranho porque estou usando:
    ‘default’ => ‘sqlsrv’,

    e minha versão do SQL Server é 2012

    • Jonathan André Schweder

      olá,
      pode acontecer da extensão pdo do MSSQL não estar instalado, podes verificar ?

  • Marcus Gall Barreira

    Ola, poderia me ajudar?
    Para mim até apareceu a mensagem de sucesso: “Migration table created successfully”

    Mas antes dela apareceu também:
    “PHP Warning: PHP Startup: mssql: Unable to initialize module”

    Estranho porque estou usando:
    ‘default’ => ‘sqlsrv’,

    e minha versão do SQL Server é 2012

    • Jonathan André Schweder

      olá,
      pode acontecer da extensão pdo do MSSQL não estar instalado, podes verificar ?

  • Claudinei Costa

    Olá Jonathan,

    Tenho uma máquina com ubuntu server (sem modo grafico), e acesso remotamente (ssh) de meu notebook win7.
    1 – php artisan serve abre o localhost:8080, tem como mudar pra acessar com o ip do servidor? ja que nao tenho acesso direto a esta máquina?

    2 – outra dúvida é porque tenho que subir este serviço se o apache/php já estão ativos?
    obg!!!

    • Jonathan André Schweder

      com certeza, pode rodar “php -S localhost: -t public” na pasta raiz que dá no mesmo o serve do artisan roda isso por baixo

  • Claudinei Costa

    Olá Jonathan,

    Tenho uma máquina com ubuntu server (sem modo grafico), e acesso remotamente (ssh) de meu notebook win7.
    1 – php artisan serve abre o localhost:8080, tem como mudar pra acessar com o ip do servidor? ja que nao tenho acesso direto a esta máquina?

    2 – outra dúvida é porque tenho que subir este serviço se o apache/php já estão ativos?
    obg!!!

    • Jonathan André Schweder

      com certeza, pode rodar “php -S localhost: -t public” na pasta raiz que dá no mesmo o serve do artisan roda isso por baixo

  • Claudinei Costa

    Olá Jonathan,

    Tenho uma máquina com ubuntu server (sem modo grafico), e acesso remotamente (ssh) de meu notebook win7.
    1 – php artisan serve abre o localhost:8080, tem como mudar pra acessar com o ip do servidor? ja que nao tenho acesso direto a esta máquina?

    2 – outra dúvida é porque tenho que subir este serviço se o apache/php já estão ativos?
    obg!!!

    • Jonathan André Schweder

      com certeza, pode rodar “php -S localhost: -t public” na pasta raiz que dá no mesmo o serve do artisan roda isso por baixo

  • Uma coisa que faltou falar foi sobre o php artisan key:generate porque sem esse comando você acaba recebendo erro de compilação, fora isso, muito bom o post!

    • Rafael Gomes

      Quando eu tento acessar o http://localhost:8000 funciona legal, mas quando tento o /home ele dá o erro que acredito que seja de copilação:

      Sorry, the page you are looking for could not be found.

      NotFoundHttpException in RouteCollection.php line 143:

      Consegue me ajudar?

    • Tivon

      Instalando através do composer não precisa fazer isso

  • Uma coisa que faltou falar foi sobre o php artisan key:generate porque sem esse comando você acaba recebendo erro de compilação, fora isso, muito bom o post!

    • Rafael Gomes

      Quando eu tento acessar o http://localhost:8000 funciona legal, mas quando tento o /home ele dá o erro que acredito que seja de copilação:

      Sorry, the page you are looking for could not be found.

      NotFoundHttpException in RouteCollection.php line 143:

      Consegue me ajudar?

    • Tivon

      Instalando através do composer não precisa fazer isso

  • Uma coisa que faltou falar foi sobre o php artisan key:generate porque sem esse comando você acaba recebendo erro de compilação, fora isso, muito bom o post!

    • Rafael Gomes

      Quando eu tento acessar o http://localhost:8000 funciona legal, mas quando tento o /home ele dá o erro que acredito que seja de copilação:

      Sorry, the page you are looking for could not be found.

      NotFoundHttpException in RouteCollection.php line 143:

      Consegue me ajudar?

    • Tivon

      Instalando através do composer não precisa fazer isso

  • Phellipe Lins

    Tutorial ficou bacana, deu tudo certinho aqui. Porém, não consegui acessar a route /home. Pensei que as rotas ficassem em resources/ e lá não temos nenhuma home. Houve algum equívoco?

    • Jonathan André Schweder

      as rotas ficam no arquivo routes que fica em app/Http/routes.php, a pasta resources serve para armazenar as views e arquivos de tradução por padrão 🙂

  • Phellipe Lins

    Tutorial ficou bacana, deu tudo certinho aqui. Porém, não consegui acessar a route /home. Pensei que as rotas ficassem em resources/ e lá não temos nenhuma home. Houve algum equívoco?

    • Jonathan André Schweder

      as rotas ficam no arquivo routes que fica em app/Http/routes.php, a pasta resources serve para armazenar as views e arquivos de tradução por padrão 🙂

  • Phellipe Lins

    Tutorial ficou bacana, deu tudo certinho aqui. Porém, não consegui acessar a route /home. Pensei que as rotas ficassem em resources/ e lá não temos nenhuma home. Houve algum equívoco?

    • Jonathan André Schweder

      as rotas ficam no arquivo routes que fica em app/Http/routes.php, a pasta resources serve para armazenar as views e arquivos de tradução por padrão 🙂

  • Tivon
  • Tivon
  • Tivon
  • Paulo Sitonio

    Olá, tutorial muito bom, porém ao tentar acessar localhost:8000/home retornar erro NotFoundHttpException. No arquivo app/Http/routes.php somente tem a requisição para a view ‘welcome’, e no diretório de views não existe nenhum arquivo ‘home’. Como resolver?

    • Jonathan André Schweder

      Olá, na versão 5.1 essa rota foi removido, o que você pode fazer é forçar a versão 5.0 do Laravel

    • Fernando Pauer

      Basta rodar no diretorio root do seu projeto:

      php artisan make:auth

  • Paulo Sitonio

    Olá, tutorial muito bom, porém ao tentar acessar localhost:8000/home retornar erro NotFoundHttpException. No arquivo app/Http/routes.php somente tem a requisição para a view ‘welcome’, e no diretório de views não existe nenhum arquivo ‘home’. Como resolver?

    • Jonathan André Schweder

      Olá, na versão 5.1 essa rota foi removido, o que você pode fazer é forçar a versão 5.0 do Laravel

    • Fernando Pauer

      Basta rodar no diretorio root do seu projeto:

      php artisan make:auth

  • Paulo Sitonio

    Olá, tutorial muito bom, porém ao tentar acessar localhost:8000/home retornar erro NotFoundHttpException. No arquivo app/Http/routes.php somente tem a requisição para a view ‘welcome’, e no diretório de views não existe nenhum arquivo ‘home’. Como resolver?

    • Jonathan André Schweder

      Olá, na versão 5.1 essa rota foi removido, o que você pode fazer é forçar a versão 5.0 do Laravel

    • Fernando Pauer

      Basta rodar no diretorio root do seu projeto:

      php artisan make:auth

  • Rodrigo R.

    Olá, tentei acessar o localhost:8000/home, mas não deu certo. Apareceu o erro de NotFoundHttpException
    Como resolver isso?

    • Jonathan André Schweder

      Olá, na versão 5.1 essa rota foi removido, o que você pode fazer é forçar a versão 5.0 do Laravel

    • Fernando Pauer

      Rodrigo, basta rodar no diretorio root do seu projeto:

      php artisan make:auth

      • Perfeito @fernandopauer:disqus , @jonathan_andr_schweder:disqus já que o pessoal está trabalhando com a versão mais atual, dava para colocar uma obs sobre a versão após x/x/2016 ou na nova versão do laravel usa-se o php artisan make:auth por questão da rota ser removida…. Abç Ótimo tuto

        • Rodrigo Xavier

          Ajudou muito @fernandopauer:disqus , valeu demais!

      • Tom Mendes

        Excelente. Obrigado

  • Rodrigo R.

    Olá, tentei acessar o localhost:8000/home, mas não deu certo. Apareceu o erro de NotFoundHttpException
    Como resolver isso?

    • Jonathan André Schweder

      Olá, na versão 5.1 essa rota foi removido, o que você pode fazer é forçar a versão 5.0 do Laravel

    • Fernando Pauer

      Rodrigo, basta rodar no diretorio root do seu projeto:

      php artisan make:auth

      • Perfeito @fernandopauer:disqus , @jonathan_andr_schweder:disqus já que o pessoal está trabalhando com a versão mais atual, dava para colocar uma obs sobre a versão após x/x/2016 ou na nova versão do laravel usa-se o php artisan make:auth por questão da rota ser removida…. Abç Ótimo tuto

  • Rodrigo R.

    Olá, tentei acessar o localhost:8000/home, mas não deu certo. Apareceu o erro de NotFoundHttpException
    Como resolver isso?

    • Jonathan André Schweder

      Olá, na versão 5.1 essa rota foi removido, o que você pode fazer é forçar a versão 5.0 do Laravel

    • Fernando Pauer

      Rodrigo, basta rodar no diretorio root do seu projeto:

      php artisan make:auth

      • Perfeito @fernandopauer:disqus , @jonathan_andr_schweder:disqus já que o pessoal está trabalhando com a versão mais atual, dava para colocar uma obs sobre a versão após x/x/2016 ou na nova versão do laravel usa-se o php artisan make:auth por questão da rota ser removida…. Abç Ótimo tuto

  • Jean Clecio

    Parabéns! Sou iniciante e raramente encontro um material tão bem elaborado.

    • Jonathan André Schweder

      Muito obrigado, aproveite e acompanhe as atualizações do blog

  • Jean Clecio

    Parabéns! Sou iniciante e raramente encontro um material tão bem elaborado.

    • Jonathan André Schweder

      Muito obrigado, aproveite e acompanhe as atualizações do blog

  • Jean Clecio

    Parabéns! Sou iniciante e raramente encontro um material tão bem elaborado.

    • Jonathan André Schweder

      Muito obrigado, aproveite e acompanhe as atualizações do blog

  • clenio

    muito bom, finalmente alguem posta um material bem elaborado didaticamente

  • clenio

    muito bom, finalmente alguem posta um material bem elaborado didaticamente

  • clenio

    muito bom, finalmente alguem posta um material bem elaborado didaticamente

  • Raffa Siqueira

    Ótimo tutorial, bem simples e objetivo.
    Obrigado foi de grande esclarecimento.

  • Raffa Siqueira

    Ótimo tutorial, bem simples e objetivo.
    Obrigado foi de grande esclarecimento.

  • Raffa Siqueira

    Ótimo tutorial, bem simples e objetivo.
    Obrigado foi de grande esclarecimento.

  • Elinardo Silva

    cara massa sua iniciativa! valeu! rapaz to com duvida pq a url gerada pelo php artisan serve n ta está abrindo. fala pagina n encontrada. aí só consegui abrir a url via start do vertrigoserve e encontrei aqui
    localhost/laravel/public
    o que pode ser cara?

    • Jonathan Schweder

      tenta usar php -S localhost:8080 -t public

  • Elinardo Silva

    cara massa sua iniciativa! valeu! rapaz to com duvida pq a url gerada pelo php artisan serve n ta está abrindo. fala pagina n encontrada. aí só consegui abrir a url via start do vertrigoserve e encontrei aqui
    localhost/laravel/public
    o que pode ser cara?

    • Jonathan Schweder

      tenta usar php -S localhost:8080 -t public

  • Elinardo Silva

    cara massa sua iniciativa! valeu! rapaz to com duvida pq a url gerada pelo php artisan serve n ta está abrindo. fala pagina n encontrada. aí só consegui abrir a url via start do vertrigoserve e encontrei aqui
    localhost/laravel/public
    o que pode ser cara?

    • Jonathan Schweder

      tenta usar php -S localhost:8080 -t public

  • Bruno Veiga

    Olá,
    Ao instalar o Laravel, apareceu o seguinte erro:
    “Fatal error: Call to undefined function IlluminateFoundationBootstrapmb_internal_encoding() in X:serverweb_storenewteste5laravelvendorcompiled.php on line 1809”

    • Jonathan Schweder

      tenta atualizar tuas dependências com composer update

  • Bruno Veiga

    Olá,
    Ao instalar o Laravel, apareceu o seguinte erro:
    “Fatal error: Call to undefined function IlluminateFoundationBootstrapmb_internal_encoding() in X:serverweb_storenewteste5laravelvendorcompiled.php on line 1809”

    • Jonathan Schweder

      tenta atualizar tuas dependências com composer update

  • Bruno Veiga

    Olá,
    Ao instalar o Laravel, apareceu o seguinte erro:
    “Fatal error: Call to undefined function IlluminateFoundationBootstrapmb_internal_encoding() in X:serverweb_storenewteste5laravelvendorcompiled.php on line 1809”

    • Jonathan Schweder

      tenta atualizar tuas dependências com composer update

  • Wellington Lopes

    otimo tutorial

  • Wellington Lopes

    otimo tutorial

  • Wellington Lopes

    otimo tutorial

  • Roger Albino

    Ótimo tutorial!

    Está me ajudando bastante! 😉

    • Jonathan Schweder

      vlws, a versão do tutorial é a 5.0, atualmente está na 5.2, talvez em algumas partes você terá alguma mudanças, mas que bom que gostou acompanhe o blog para mais novidades

  • Roger Albino

    Ótimo tutorial!

    Está me ajudando bastante! 😉

    • Jonathan Schweder

      vlws, a versão do tutorial é a 5.0, atualmente está na 5.2, talvez em algumas partes você terá alguma mudanças, mas que bom que gostou acompanhe o blog para mais novidades

  • Roger Albino

    Ótimo tutorial!

    Está me ajudando bastante! 😉

    • Jonathan Schweder

      vlws, a versão do tutorial é a 5.0, atualmente está na 5.2, talvez em algumas partes você terá alguma mudanças, mas que bom que gostou acompanhe o blog para mais novidades

  • Guilherme Camargo

    instalei o laravel. configurei o document root para a public, porém quando tento acessar aparece a pagina do apache… o que pode ser?

    • Edvaldo Almeida Jr.

      Houve alguma mensagem de erro quando startou o servidor interno do laravel? Isso está cheirando a conflito de portas.

    • Mauro Lucio

      Guilherme Camargo!
      Faça o seguinte se vc estiver usando windows como eu, crie o projeto laravel dentro apache/htdocs..
      Depois mude o prompt de comando para c:apachehtdocsseuprojeto…
      Rode tudo que tiver de fazer ai dentro: migrações, artisan serve etc…
      Fiz assim seguindo este tutorial e está tudo certo.
      Abçs!
      *obs: Muito bem explicado o tutorial, excelente!!!!!

  • Guilherme Camargo

    instalei o laravel. configurei o document root para a public, porém quando tento acessar aparece a pagina do apache… o que pode ser?

    • Edvaldo Almeida Jr.

      Houve alguma mensagem de erro quando startou o servidor interno do laravel? Isso está cheirando a conflito de portas.

  • Guilherme Camargo

    instalei o laravel. configurei o document root para a public, porém quando tento acessar aparece a pagina do apache… o que pode ser?

    • Edvaldo Almeida Jr.

      Houve alguma mensagem de erro quando startou o servidor interno do laravel? Isso está cheirando a conflito de portas.

  • Cássia Reis

    Muito bom. Me ajudou muito. Obrigada 🙂

  • Cássia Reis

    Muito bom. Me ajudou muito. Obrigada 🙂

  • Cássia Reis

    Muito bom. Me ajudou muito. Obrigada 🙂